Notícias Notícias

Voltar

Webinário vai apresentar as novidades da versão 2.6 do PJe

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), por meio do Centro de Educação Corporativa da Justiça do Trabalho (Ceduc-JT), promoverá, nos dias 28 e 29/1, o "Webinário PJe 2.6". O curso apresentará aos usuários internos (ministros, desembargadores, juízes e servidores da Justiça do Trabalho) as novidades da versão 2.6 do PJe. O evento será promovido à distância, por meio do canal oficial do CSJT no YouTube. Não é necessária inscrição prévia.

Programação (horário de Brasília)

No dia 28, o curso iniciará às 8h45 e irá até 17h30. O juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG) e Coordenador Nacional do PJe-JT, Fabiano de Abreu Pfeilsticker, será responsável pela introdução do evento. Na sequência, os membros do Grupo Nacional de Negócio do Sistema PJe-JT (GNN) vão apresentar as novas ferramentas da versão. 

A programação ainda inclui apresentações sobre o Plenário Eletrônico, a Secretaria Eletrônica, sobre o Minutar Voto e sobre a autuação de recursos internos e de recursos para o TST. O projeto Gemini, o novo fluxo 2º grau - KZ (plantão, Cejusc, AR),  o eRec e nova análise de recurso também fazem parte das apresentações.

No período da tarde, serão abordados o novo painel do advogado, procurador, jus postulandi; certidões trabalhistas; cadastros 2.0; EXE-PJe; acessibilidade e impedimento e suspeição, além dos conteúdos sobre SIF, GPREC e AJJT e perícias . Para finalizar o dia, o coordenador técnico do PJe, Christiano Guimarães de Carvalho, fará uma apresentação sobre o aprimoramento técnico da nova versão do sistema.

No dia 29, o curso tem continuidade e trará explanações sobre assinatura de documentos no JTe, sobre como anexar documentos em lote, nova remessa de 1º Grau, histórico da retificação de autuação e redistribuições, lançador universal de movimentos na KZ  e movimentação em lote. O coordenador de processos eletrônicos do TST, Antônio de Pádua Borges, vai finalizar o webnário explicando as novidades específicas do sistema para o TST.  



Com informações do CSJT