Eventos Eventos

Escola Judicial realiza seminário sobre a questão de gênero no Poder Judiciário

A Escola Judicial do TRT/MS realiza, nos dias 1 e 2 de outubro, o Seminário "Combate à Discriminação e à Violência Contra Mulher e a Questão de Gênero no Poder Judiciário". A iniciativa pretende debater a igualdade de gênero no judiciário e questões como o combate à discriminação e à violência contra a mulher, o fortalecimento da liderança, a participação das magistradas no ambiente institucional e as dificuldades que enfrentam na carreira em razão do gênero.

Para a juíza Fabiane Ferreira, uma das palestrantes do evento, embora no primeiro grau a participação entre magistrados e magistradas do trabalho seja praticamente paritária, a participação feminina na justiça brasileira ainda precisa avançar. "Quanto maior o nível da carreira na magistratura, menor é a participação feminina. No Tribunal Superior do Trabalho, por exemplo, de 27 membros, apenas cinco são mulheres. No TRT da 24ª Região, atualmente, não temos Desembargadoras no segundo grau e não figuram Juízas Titulares na primeira quinta parte da lista de antiguidade aptas a concorrerem à promoção", explica.

Pesquisas recentes demonstram que um índice elevado de juízas se sente mais afetada em sua vida pessoal que seus colegas homens, vivenciam dificuldades adicionais em processos de remoção ou promoção, bem como reações negativas de outros profissionais do sistema de justiça apenas por serem mulheres. "É necessário divulgar esses dados, estudar e debater questões de gênero que afetam a carreira das magistradas. Espero que o seminário possa ampliar a percepção de homens e mulheres sobre esses temas".