Notícias Notícias

Correição no TRT/MS começa na segunda-feira (20)

A qualidade dos serviços prestados pela Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul será avaliada a partir desta segunda-feira (20) durante a realização de correição ordinária pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Guilherme Augusto Caputo Bastos. A intenção é analisar o desempenho geral do Tribunal, especialmente o número de processos recebidos e julgados, tempos de tramitação, observância de prazos, adequação de procedimentos às normas legais, dentre outros aspectos.

De 20 e 23 de junho serão verificados pontos como o cumprimento de prazos, aspectos estruturais e administrativos, além da produtividade de magistrados e servidores. No último dia, quinta-feira, às 15h, o corregedor apresentará o resultado final dos trabalhos, em audiência pública para leitura da ata de correição.

Caputo Bastos é ministro do Tribunal Superior do Trabalho desde 2007. Em dezembro de 2021 foi eleito corregedor-geral da Justiça do Trabalho para o biênio 2022/2024

Corregedoria-Geral

A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho é o órgão responsável pela fiscalização, disciplina e orientação da administração da Justiça do Trabalho sobre os TRTs, seus magistrados e serviços judiciários. 

De acordo com o artigo 709 da CLT, compete à Corregedoria-Geral exercer funções de inspeção e correição permanente com relação aos Tribunais Regionais e seus presidentes e decidir reclamações contra atos que afetem a boa ordem processual. Estão sujeitos a essa ação fiscalizadora os presidentes, os desembargadores, as seções e os serviços judiciários dos TRTs, para a verificação do andamento dos processos, da regularidade dos serviços, da observância de prazos e de seus regimentos internos.