Notícias Notícias

Voltar

Em adesão à campanha "Corregedoria Solidária", TRT/MS inicia arrecadação de alimentos

A campanha “Corregedoria Solidária” chega ao Tribunal Regional do Trabalho da 24ª (MS), que passará por correição ordinária de 20 a 24 de junho. A iniciativa, promovida pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, visa fomentar a solidariedade entre magistrados, servidores, e prestar apoio a instituições carentes.

Em Mato Grosso do Sul, a instituição beneficiada será a Comunidade Mandela. Localizada na região norte de Campo Grande-MS, a comunidade possui 183 famílias, instaladas em barracos improvisados, sem água e energia elétrica regular, vivendo em situação de extrema vulnerabilidade. 

O Tribunal busca arrecadar alimentos não perecíveis para fornecimento de cestas básicas às famílias beneficiadas. 

SOBRE A COMUNIDADE BENEFICIADA

O Gabinete da Corregedoria Regional do TRT24, com vistas a identificar instituições e/ou comunidades carentes e idôneas que pudessem ser beneficiadas pelas doações arrecadadas na campanha Corregedoria Solidária, promoveu consulta ao COMFAC, Comitê Gestor do Fundo de Apoio à Comunidade, vinculado diretamente à Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais (SEGOV), conforme dispõe o Decreto n. 13.061, de 17 de janeiro de 2017 e Decreto n. 13.102, de 03 de março de 2017.

Por sugestão da assistente social Neuza Gutierrez Unfer, integrante da equipe do COMFAC, as servidoras Claudia Giseli Vilela Marques (Secretária-Geral da Presidência) e Eliana Sanderson (Assistente de Gabinete do Presidente) visitaram a Comunidade Mandela no dia 28.4.2022 para conhecer a realidade das famílias que ali vivem. 

Conforme informações prestadas pela líder comunitária Greiciele Ferreira, são 183 famílias, instaladas em barracos improvisados. No local, vivem cerca de 420 pessoas, sendo 220 crianças e 15 idosos. Não há nenhuma infraestrutura de alvenaria, saneamento ou segurança. A comunidade não recebe doações mensais regulares. 


 


Na última quinta-feira (12), o presidente do TRT24, desembargador André Luís Moraes de Oliveira,  recebeu, em seu gabinete, a visita da assistente social do FAC, Neuza Gutierrez Unfer, da líder da Comunidade Mandela, Greiciele Ferreira, e de sua vice-líder Lauana Tainá Nunes da Silva.

 

COMO AJUDAR

O objetivo do Tribunal é poder ofertar, pelo menos, uma cesta básica a cada família carente da comunidade beneficiada.

As contribuições em alimentos podem ser entregues no edifício-sede do TRT-MS, no Foro Trabalhista de Campo Grande - MS, ou nas varas do Trabalho do interior do estado de MS. 

Outra possibilidade é a doação por meio de transferência eletrônica na conta disponibilizada pela AMATRA-24. O valor arrecadado será utilizado para aquisição de gêneros alimentícios que serão doados. O comprovante precisa ser identificado e deverá ser encaminhado por WhatsApp para o número (67) 98115-9817. Confira os dados abaixo: 

Associação dos Magistrados do Trabalho da 24ª Região (Amatra XXIV)

Banco Sicredi

Cooperativa: 0911

Conta Corrente: 93480-1

CNPJ: 70353529000174

Chave PIX: 70353529000174 

As doações podem ser feitas até o dia 23 de junho (quinta-feira), às 17h. 

Para mais informações, entre em contato com a Corregedoria Regional do TRT-MS, ou pelos telefones: (67) 99963-1508 ou (67)99953-7356.

CAMPANHA

Com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis para instituições beneficentes nos estados sedes dos tribunais correicionados, a campanha é uma iniciativa da gestão do ministro Caputo Bastos à frente da Corregedoria-Geral da Justiça Trabalho. A campanha tem recebido apoio de todos os Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) durante as correições ordinárias em 2022. 

A Corregedoria Solidária teve origem em uma ação que o gabinete do ministro já realiza desde 2016 em Brasília e região, inicialmente chamada de “GMCB Solidário” (GMCB é a sigla para Gabinete do Ministro Caputo Bastos).