Nicanor de Araújo Lima Nicanor de Araújo Lima

Natural de Salvador, BA, bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília - CEUB, hoje Universidade. Foi advogado militante nos anos de 1978 a 1983; professor de Direito Processual do Trabalho da UNIGRAN no período de 1992 a 1998 e professor de Direito do Trabalho na mesma instituição nos anos de 1992 a 2004. 

Sua trajetória profissional na Justiça do Trabalho começou em 1983, como Assessor de Juiz, no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. Em 1989, foi aprovado em concurso público para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto do TRT da 10ª Região. Foi promovido, pelo critério de merecimento, à Presidência da 1ª Vara do Trabalho de Dourados, tendo tomado posse e entrado em exercício em 26/03/91. Optou pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, na ocasião de sua instalação. Foi nomeado, em 1998, mediante promoção pelo critério de antigüidade, para o cargo de Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul. No biênio 2003/2004 foi Juiz Vice-Presidente da Corte. Em 28 de setembro de 2004, foi eleito, por aclamação, Juiz Presidente do TRT da 24ª Região, para o biênio 2005-2006. Tomou posse em 9 de dezembro de 2004. 

Constam do seu currículo participações em diversos encontros, seminários, palestras, cursos e congressos em Direito do Trabalho. 

Foi agraciado pela Corte Trabalhista da 10ª Região, com sede em Brasília, com a Ordem do Mérito Dom Bosco, no grau de Comendador, em 1991, e no grau de Grande Cruz, em 2005. Também foi agraciado com a Ordem Sã José Operário no Mérito Judiciário do Trabalho, no Grau de Grande Oficial, pelo Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, com sede em Cuiabá-MT, e Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho no Grau de Grande Oficial, pelo Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília-DF. 

Recebeu o Título de Cidadão Douradense, outorgado pela Câmara Municipal de Dourados, e, do TRT da 24ª Região, a condecoração da Ordem Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho, no Grau de Grã-Cruz. 

Recebeu do TRT da 24ª Região a condecoração da Ordem Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Grã-Cruz, em 2003. 

Em 26.09.2002, foi eleito por aclamação para o cargo de Vice-Presidente do Egrégio TRT da 24ª Região, para o biênio 2002/2004, tendo tomado posse e entrado em exercício em 06.12.2002.