Notícias Notícias

Mês Regional da Conciliação Trabalhista já fechou quase R$ 10 milhões em acordos

Nas duas primeiras semanas do Mês Regional da Conciliação Trabalhista do TRT24 foram realizados 369 acordos, somando R$ 9,243 milhões liberados aos trabalhadores. O número de pessoas atendidas chega a 1.500.

"Quando você vem para a audiência de mediação, onde as partes se despem de suas defesas e abrem um diálogo a partir das suas necessidades, você constrói, de fato, uma solução adequada para aquele conflito", esclarece o desembargador André Luís Moraes de Oliveira, presidente do TRT/MS.

Até o final de maio, as varas do Trabalho e os Centros de Conciliação estão focados na realização de audiências de conciliação para fomentar a resolução de conflitos trabalhistas de forma consensual. Também estão sendo realizadas palestras, rodas de conversa sobre o tema e reuniões com representantes de grandes litigantes, sindicatos, advogados, patrões e  empregados. As ações culminarão na Semana Nacional da Conciliação Trabalhista 2022, evento que ocorrerá de 23 a 27 de maio em todo o país.

Nos dois últimos anos, 45% dos processos trabalhistas foram resolvidos por meio de acordo, em Mato Grosso do Sul. A coordenadora do Cejusc 1, juíza Déa Brandão Cubel Yule, afirma que os índices de conciliação do TRT/MS estão entre os melhores do país. "O índice de cumprimento do acordo é muito maior. Segundo o Justiça em Números do CNJ, 90% dos acordos são cumpridos", garante a magistrada.  

"Com o tema Mediação Acessível, o tribunal busca estar disponível a auxiliar partes e procuradores a encontrarem solução a seus processos de onde estiverem, utilizando-se de todos os meios telemáticos e das diversas portas de acesso à Justiça por meio da conciliação e mediação", pontua o desembargador presidente.

Serviço:

Se você tem dúvida sobre o que é e como funciona a audiência de conciliação, assista ao vídeo no portal do TRT24. Caso queira agendar uma audiência de conciliação, entre em contato com a vara do trabalho onde tramita o seu processo ou preencha o formulário online, disponível no site do tribunal. Também é possível pedir a mediação pré-processual de conflitos trabalhistas pelos CEJUSCs.